Voltar ao Inicio

Cintilografia de Perfusão do Miocárdio

Este exame é feito para avaliar o fluxo de sangue para o músculo do coração.

Com este exame é possível detectar obstruções significativas nas artérias coronárias, bem como estimar a probabilidade da pessoa ter um infarto do miocárdio. Pode-se avaliar a extensão de um infarto prévio e o resultado de um tratamento.

Estuda-se também a contratilidade do músculo, o tamanho e a função da cavidade ventricular esquerda (volumes).

Como me preparar para o exame?

  1. Não é necessário jejum – alimentação normal: suco, leite, vitamina, frutas, pão, almoço e jantar normal;
  2. Não ingerir alimentos que contenham cafeína (café, chá, chocolate, chimarrão, refrigerantes em geral, medicações: Tandrilax, Dorflex, Neosaldina, Coristina) 48 horas antes do exame. Se acaso sentir dor de cabeça pela falta da cafeína, tomar: Dôrico ou Paracetamol.
  3. O paciente deve vir com uma roupa e calçado confortável (de preferência de tênis) para a realização de um teste de esforço (Esteira ergométrica).
  4. Alguns tipos de medicamentos, para hipertensão ou para o coração, deverão ser suspensos, sempre sob orientação dos médicos.

Como o exame é feito?

Quando o paciente chega ao laboratório nuclear, é feita uma injeção venosa de um radiofármaco que nos permite estudar o coração (sestamibi). Este material não causa nenhum tipo de efeito colateral.

Aguarda-se cerca de 60 minutos para iniciar a realização das imagens do coração que dura aproximadamente 20 minutos.

Em seguida o paciente será encaminhado ao teste de esforço e o radiofármaco será injetado durante o exercício.

30-60 minutos após o término do exercício físico, novas imagens do coração serão obtidas e comparadas com as imagens feitas do coração em repouso.

E se eu não consigo andar na esteira?

Podemos utilizar outros tipos de protocolo, utilizando medicamentos (Dipiridamol, Adenosina ou a Dobutamina).

Para aqueles com conseguem andar um pouco, mas não o suficiente para um bom teste, podemos utilizar uma combinação dos protocolos. Iniciando com o protocolo farmacológico seguido de um esforço leve.

Existe alguma precaução após o exame?

Não, após o exame o paciente está liberado para reassumir suas atividades diárias normais.

Voltar